Johnny Depp, Keith Richards e Piratas do Caribe 4


Keith Richards e Johnny Depp foram pai e filho em "Piratas do Caribe 3", mas parece que a participação do famoso integrante da banda Rolling Stones na vida de Depp não parou por aí.

Depp é fã absoluto de "Rolling Stones" e segundo ele, Richards foi inspiração para a construção de "Jack Sparrow". Ao receber o convite do guitarrista Keith Richards para uma jam no set de filmagem de "Piratas do Caribe - No Fim do Mundo", apesar de também tocar guitarra, ele preferiu apenas observar o ídolo tirando alguns acordes enquanto bebiam alguns drinques. "Tomei um copo de vinho e Keith tomou seu drinque habitual. Algo que ele chama de 'Lixo Nuclear', uma receita secreta. Então ele começou a tocar guitarra. Não tocamos juntos porque sou miseravelmente tímido", declarou o ator.


Mas depois de alguns goles, Depp acabou dedilhando um instrumento parecido com bandolim que Richards usou no filme, para logo devolver para o músico. "Ele é Deus, é o mestre. É um caro maravilhoso para se sair, mas é um dos meus ídolos da guitarra e nunca vou escapar disso", disse o ator.

Na nova aventura, "On the Stranger Tides" (Piratas do Caribe 4) , Jack Sparrow inicia a aventura em busca da Fonte da Juventude. No caminho, ele encontra uma antiga paixão (Penélope Cruz), filha de um de seus inimigos. Na corrida para encontrar a tal fonte, Sparrow não sabe a quem deve temer ou confiar. Piratas do Caribe 4 está previsto para chegar aos cinemas em 20 de maio de 2011 e teria novamente a participação de Keith Richards, mas agora pode ser cortado do filme. Segundo o site 'Drudge Report', a Disney está considerando cortar todas as cenas de Richards. Tudo porque a nova biografia do músico, "Life", ensina que o uso moderado de substâncias tóxicas, como alguns medicamentos, é uma forma segura de se drogar e isso vai totalmente contra os princípios do estúdio.


Em "Piratas do Caribe 3" Keith Richards teve de ser ajudado pelo diretor Gore Verbinski na hora de atuar, pois apareceu bêbado no set de filmagens. Richards nem se lembrava das filmagens por causa do excesso de álcool. Ao ser acusado por sua falta de profissionalismo, ele gritou: "Se queriam alguém direito, escolheram a pessoa errada." Recentemente, Keith Richards declarou que parou de consumir drogas, já que "a qualidade delas hoje é péssima."

Na biografia Richards descreve sua experiência: “Não é à qualidade das drogas que eu usava que atribuo minha sobrevivência. É que eu era muito meticuloso sobre o quanto eu usava. Na maioria das vezes, as pessoas se dão mal por conta de exageros.”

Mas mesmo que não atuem juntos em Piratas do Caribe, por conta dos preceitos da Disney, Depp e Richards não irão se separar tão facilmente. Depp irá dirigir um documentário sobre o guitarrista. Ele declarou à revista sérvia "Politika", que vai começar a trabalhar no projeto na próxima semana. Esse seria o segundo filme de Depp como diretor. Em 1997, o ator assumiu o posto em "O Bravo". Sobre retomar a experiência, o ator declarou: "Agora que estou mais sábio e, passado tempo suficiente, já posso encarar esse desafio novamente. Fiquei sensibilizado pelo fato dele [Richards] ter concordado em se mostrar diante das minhas câmeras”.

  • RSS