V - Os Extraterrestres no Planeta Terra


Gigantescos “discos voadores” são avistados em todo o planeta e seus tripulantes realizam o primeiro “contato imediato” visto pelas TVs de toda a Terra. Os chamados "Visitantes", com aparência humana, pedem ajuda aos terráqueos para produzirem substâncias que ajudarão a recuperar o meio-ambiente de seu planeta; em troca, dividirão o seu conhecimento tecnológico avançado. Tudo parece em ordem quando é aberta a primeira fábrica para os alienígenas, mas as coisas começam a ficar estranhas com a criação da organização "Amigos dos Visitantes", para doutrinar jovens da Terra no “modo Visitante” de pensar. O cameraman Mike Donovan (Singer) descobre a verdade sobre os Visitantes, que são alienígenas com aparência de lagartos, se alimentam de roedores e planejam dominar o mundo. Donovan se une à Resistência, grupo que conta com as habilidades de Julie Parrish (Grant) e, mais tarde, Ham Tyler (Michael Ironside) para deter a ameaça, e utiliza o “V” como símbolo. V de Vitória. Felizmente, há Visitantes que simpatizam com os humanos e os ajudam, como Willie (Englund) e Martin (Ashmore); a superioridade bélica (eles têm armas laser, oras!) dos inimigos só é superada com a ajuda deles e da descoberta do “pó vermelho”, substância mortal para os extraterrestres.

Quando exibida pela Rede Globo nos anos 80, "V – A Batalha Final" fez um grande sucesso, num total de 10 horas de duração, que trouxeram ao público brasileiro, durante duas semanas, a excelente ficção científica criada por Kenneth Johnson (Missão Alien). No elenco Marc Singer, Faye Grant, Jane Badler, Jenny Sullivan, Richard Herd, Michael Ironside, Robert Englund (ele mesmo, o Freddy Krueger), Frank Ashmore e Blair Tefkin, entre outros. A história faz lembrar propositalmente os horrores do Nazismo, com direito a cientistas sendo enviados a campos de concentração. Tramas paralelas de traição e o nascimento da criança híbrida Elizabeth, filha de um Visitante e de uma humana, deram mais sabor à trama e uma série de novas aventuras.

A saga completa se divide na verdade em três partes, sendo que as duas primeiras são minisséries "V: The Original TV Miniseries" (1983) e "V: The Final Battle" (1984). Pela sua grande popularidade essas minisséries geraram uma nova continuação seriada para a TV ("V: The TV Series" ainda em 1984) que chegou a 19 episódios, produzidos até 1985. Nestes episódios, uma metamorfose inesperada ocorre com a menina Elizabeth e diversas tramas se desenrolam a partir daí, quando finalmente a série chega ao seu desfecho completo. Além dos atores principais das minisséries anteriores, foram trazidos novos personagens ao elenco Jeff Yagher, Jennifer Cooke, June Chadwick e Lane Smith. O SBT reprisou a minissérie nos anos 90, passando em seguida essa série de episódios.


Em 2009, a ABC lançou um reboot de “V”, produzido por Scott Peters. Com efeitos especiais melhores que os usados na década de 80, a série contava com a atriz brasileira Morena Baccarin em seu elenco principal. Foram produzidas duas temporadas desta série, antes do cancelamento, com um total de 22 episódios. Em maio de 2011, teve início uma campanha de assinaturas de fãs para a Warner Bros, chamada "Project Alice", para renová-la em uma rede diferente. Inicialmente buscando a TNT, e esforços posteriores também se concentraram na Rede CW. Ambas de propriedade da empresa-mãe Warner Bros, mas não houve sucesso.


Atualmente há um projeto de remake conhecido apenas como "V The Movie", sem elenco escalado ou data de lançamento. De acordo com o site Deadline, o filme seria o primeiro projeto da retomada do estúdio de produção Desilu, fundado em 1950 por Desi Arnaz e Lucille Ball e que chegou a produzir seriados clássicos como Star Trek (Jornada nas Estrelas) e Missão Impossível. A frente do projeto está Kenneth Johnson, o criador e produtor de V. Johnson que brigou com a NBC por conflitos e diferenças criativas ainda antes da segunda minissérie, abandonando a produção na época. Sem envolvimento nas produções posteriores, ele lançou em 2008 o livro V: The Second Generation, com sua visão não foi aceita pela NBC, se passando 20 anos após a primeira minissérie.




V: The Original TV Miniseries











Região: 0
Sistema: NTSC
Áudio: Inglês e português
Legendas: Português
Formato: widescreen



V: The Final Battle













Região: 4
Sistema: NTSC
Áudio: inglês
Legendas: Português
Formato: widescreen



V: The TV Series




















Região: 4
Sistema: NTSC
Áudio: Inglês e português
Legendas: Português
Formato: 4x3

Extras:





  • RSS

ÚLTIMAS POSTAGENS

Recent Posts Widget